Indulgencias

aprovados pelo Papa Pio XII anexa à Constituição Apostólica “Bis Saecularii Die”, de 27/IX/1948, incluindo as relações das reformas feitas pela Constituição Apostólica Indulgentiarum Doctrina”, do Papa Paulo VI, de 01/01/1969.

Indulgências Plenárias concedidas aos congregados:

(só uma vez cada dia, exceto “in articulo mortis”)
E.I., norma 21, § 1° e 2°

No dia de consagração da congregação, se comungar nesse dia;

Em caso de morte (in articulo mortis) se beijarem a medalha tendo comungado ou, se não for possível a Comunhão, invocarem ao menos os nomes de Jesus e de Maria ceitando a Morte como castigo do pecado. I.D., norma 17; E.D., norma 18, concessão 28);

Nas festas de Nosso Senhor e de Nossa Senhora do Calendário Romano Universal, sendo a Indulgência transferida para o dia em que a festa ou solenidade se transfere, caso isto ocorra. (E.I., norma 16);

No Dia Mundial, se assistirem a Concentração da Congregação Mariana (ou da Federação) e renovarem a Consagração;

Pela presença à Reunião semanal, ganhando a Indulgência durante a semana em dia a escolha;

Pela Comunhão Eucarística em público ou mesmo isoladamente(o uso da fita pode ser dispensado como necessário para ganhar a indulgência) ;

Pela Comunhão em honra do “padroeiro do mês”, sorteado de acordo com o costume tradicional das CC.MM. Em qualquer dia, a escolha, se comungarem em honra do mesmo padroeiro, tendo o cuidado de rezar diariamente em honra dele três Pai-Nosso, Ave-Maria e Gloria.

Pelo Retiro Espiritual, mesmo que seja um simples recolhimento mensal. (“Ind..Doc.”V,12,n.07)

Na doença, o Assistente-Eclesiástico visitando e confortando o congregado pode conceder Indulgencia Plenária se comungar e rezar diante do Crucifixo, três Pai-Nosso e Ave-Maria
pelas intenções do Papa. (“Ind. Doc.”V,12, n.18 )

Indulgências Parciais e Plenárias concedidas aos congregados.

Se visitarem o Oratório próprio da Congregação Mariana ou igreja pública, rezando um
Pai-Nosso e um Credo diante do Ssmo. Sacramento lucrarão Indulgências: (“Ind.Doc.”,V,12e16”) +Parcial;
se acrecentarem a Confissão e a Comunhão = Plenaria

Depois do Retiro Espiritual, se rezarem durante quarenta dias pela perseverança os bons propósitos = Parcial;
se uma vez cada dia acrescentarem a Confissão e a Comunhão dentro dos quarenta dias.
( ”Ind. Doc.”, V, 12,n°s.04,06,07 e 09). = Plenária

Indulgências parciais concedidas aos congregados:

(todas as citações aqui mencionadas são de Indulgências Parciais, sendo abolidos os períodos de tempos citados no texto original. ; (“Ind .Doc.” , V, 12,n°.04)

Se assistirem à Missa durante a semana;

Se examinarem a consciência à noite;

Se assistirem às reuniões e atos piedosos da Congregação Mariana;

Se visitarem os doentes e encarcerados;

Se reconciliarem os inimigos;

Se acompanharem o enterro dos congregados ou fiéis;

Se rezarem três ave-Maria à noite ( é desnecessário ter a medalha ou distintivo de congregado à cabeceira);

Se ensinarem o Catecismo;

Se renovarem a Consagração;

Se disserem a jacuatoria: “Nos cum prole pia , benedicat Virgo Maria” (E.I., 25);

Pelo Recolhimento Mensal (E.I., concessão 45).

Fonte: revista à luz do Enchiridion Indulgentiarum”: Apostólica, em sua 3ª edição de 18/05/1986)

Pio XII